terça-feira, 10 de novembro de 2015

Um abraço neste ponto de encontro...e era!

Sabem aquelas pessoas que, em tempos, fizerem parte das vossas vidas nem sabem como entraram nem o porquê de permanecerem e o ponto mais alto dessa ligação foi quando elas se foram à vidinha e deixaram a vossa em paz e sossego? Eu penso que sabem do que estou a falar, todos nós tivemos parasitas desse tipo nas nossas vidas, não é verdade? 

Agora imaginem este cenário que pode muito bem ser aproveitado para uma novela da TVI: Anos sem verem essa pessoa, sem sentirem falta dela,  de nem se lembrarem da existência da dita, nem mesmo quando passam por um dejecto monstruoso de um São Bernardo se lembram delas, e, de repente, ela aparece-vos à vossa frente como se tivesse sido despejada assim do nada por uma nave alienígena e vem na vossa direcção coberta com manto em pele de cordeiro, máscara da virgem nossa senhora que dá a vida pelos pobres, abre os braços e diz: Oláááá...há quanto tempo! Estás tão gira...dá cá um abraço!"


É que nem penses...acabei de tomar banho!!

5 comentários:

  1. Revejo-me bem porque tive uma cena desse tipo há não mais que um ano!

    ResponderEliminar
  2. Quem é que não teve uma encomenda dessas na vida? :)

    ResponderEliminar