sexta-feira, 21 de novembro de 2014

O que vale é que amanhã é sábado

A nossa justiça é uma nódoa, mas daquelas nódoas que nem com três dias de molho em vanity fair saí...é uma vergonha! Então, sou notificada para ser testemunha de um processo que uma autêntica palhaçada, um gastar de dinheiros públicos desnecessariamente (mas pronto!), chego ao tribunal à hora marcada, a juíza chega atrasadíssima e não dá desculpas a ninguém, no fim de três horas à espera para ser ouvida, vem a escrivã (ou lá como se chama) dizer-me que estava dispensada porque afinal o meu depoimento já não era necessário mas que seria notificada novamente porque o processo parece que se vai arrastar por um bom tempo...quer dizer...não podiam ter visto isso antes? Não têm a noção do transtorno que isto dá? Tive de fazer horas extras ontem para tentar compensar as horas que iria estar fora e vou ter de fazer outras tantas hoje porque acabei por perder mais tempo do que pensava...para nada? E ainda por cima fico a saber que vou ter de ir para lá outra vez? Cambada de mocotós...o que vale é que amanhã é sábado!

2 comentários:

  1. isso irrita-me tanto, é mesmo à português! não dá como entender

    ResponderEliminar
  2. Realmente...Que maravilha de justiça temos nós!

    Beijinho*

    ResponderEliminar