quarta-feira, 20 de novembro de 2013

O que dizem os meus olhos sobre a "Persitencia da Memoria" .

Mesmo com todo sururu em torno deste livro, elogios e mais elogios...estava reticente! Seria o Daniel Oliveira capaz de nos prender através da escrita da mesma forma que nos prende através de uma entrevista?  Comecei a ler uma hora antes da apresentação mas depois parei na página 30 para o ouvir...cheguei a casa, pousei o livro autografado em cima da comoda, deitei-me a olhar para ele ainda tentada a ler só mais umas páginas mas o enorme cansaço que estava a sentir foi mais forte. Só peguei no livro por volta das três da tarde...comecei e só parei quando já não havia mais nada para ler, fiquei com aquela sensação de "Quero mais!". Às 19 horas coloquei-o na minha instante! Pessoalmente, fiquei rendida à escrita do Daniel, sabe o que escrever, como escrever e, sobretudo, para quem escrever!  Tem uma visão do mundo feminino muito clara, demasiado clara! Há parte em que pensamos " Eu já disse isto" ou "eu já me senti assim" e é bom quando isso acontece, sentimo-nos como se fizéssemos parte da história. A história da Camila não é uma história comum, mas não deixa de ser uma mulher como muitas de nós, com inseguranças, medos, segredos e convicções.
 
Gostei muito e os meus olhos dizem os mesmo! Recomendo!
 
Sobre a apresentação. Pontalíssimo e simpatiquíssimo!

1 comentário:

  1. Não sabia que ele tinha escrito este livro...vou andar de olho :)

    ResponderEliminar